A Importância da Autonomia para Crianças

A Importância da Autonomia para Crianças

Autonomia é a capacidade de se conduzir e de tomar decisões por si próprio, levando em consideração valores, regras, perspectiva pessoal, bem como também a perspectiva do outro. Permitir que a criança realize diversas atividades sozinha desde cedo faz muita diferença em seu desenvolvimento. Coisas simples como escolher o alimento do lanche, alcançar ou guardar um brinquedo, e até mesmo escovar os dentes sozinho fazem muita diferença. A autonomia bem estimulada na infância pode promover que as pessoas sejam mais criativas, com maior autoestima, mais responsáveis, com maior poder de decisão, capazes de resolver problemas e prontas para aprender habilidades mais complexas quando adultas.

Para estimular autonomia e um desenvolvimento psicológico saudável, é preciso propor à criança situações que estimulem a busca ativa por soluções, ou seja, você deve estar sempre ao lado, orientando no que for possível, incentivando a realização de tarefas e propondo novos desafios, sempre permitindo que ela supere seus limites e explore o ambiente, dentro do que for seguro.

 

Abaixo, algumas dicas de como estimular autonomia em uma criança:

  • Ensine a criança a guardar objetos como calçados e brinquedos no lugar adequado. A ação deve ser realizada mais de uma vez até que haja a compreensão total;
  • Uma criança com aproximadamente dois ou três anos possivelmente já consegue tirar a roupa sozinha e colocar no local de roupas sujas;
  • Para crianças de 4 ou 5 anos, estipular pequenas responsabilidades domésticas como retirar seu prato da mesa após a refeição e leva-lo até a pia;
  • Se a criança errou a atividade e não atendeu a expectativa estabelecida, os pais devem intervir e incentivar novas tentativas. Elas precisam aprender bem cedo que os erros são uma via para o acerto;
  • Caso a família tenha um animal de estimação, coloque os cuidados com o mesmo na lista de tarefas da criança, ela pode ser a responsável pelo abastecimento de água e ração, por exemplo;
  • Não entenda autonomia como largar a criança aos próprios desígnios. Elas estão em formação e precisam de constante mediação em suas aprendizagens.
  • Permita que ela lide com a frustração e não exagere na proteção. Independente da idade, a frustração é importante para o desenvolvimento de resiliência e maturidade.

 

Assim como estimular, é importante ter consciência de alguns atos que podem prejudicar no processo de formação da autonomia e autoestima, como não permitir que a criança passe por situações desafiadoras e de aprendizado. Quando isso acontece, a superproteção entra em ação e pode gerar consequências a curto e ao longo prazo.

Abaixo, alguns comportamentos que podem prejudicar o processo de autonomia em uma criança:

  • Evitar que a criança pequena tenha contato com o chão, colocando-a sempre em um cercadinho;
  • Dizer à criança que ela não é capaz, que não sabe fazer ou faz mal feito;
  • Não permitir que realize atividades como comer sozinha ou usar o banheiro caso já tenha capacidade;
  • Em caso de conflito com um colega na escola, conversar diretamente com a direção ou os pais, sem antes orientar o filho a tentar resolver o mal entendido;
  • Em vez de oferecer suporte, realizar suas tarefas escolares;
  • Carregar a mochila da escola para ele;
  • Responder pela criança quando um adulto lhe dirige a palavra;
  • Não cobrar responsabilidade ou colocar limites;
  • Encobrir fracassos e evitar que assuma as consequências.

 

Lembre-se, você sempre pode contar com um profissional da área para ajudar a identificar as necessidades de seus filhos e para orientar em busca de melhor qualidade de vida e desenvolvimento de autonomia, bem como de outras habilidades. Conhecer as características de cada idade pode ajuda-lo quanto as suas expectativas e o quanto exigir de seu filho.

 

Gesiélly Souza Arantes Mendonça (CRP 04/35994)

Psicóloga

 

Share:

Leave comment

Uberaba MG

Rua Santa Catarina, 541

(34) 3312-4004

Fale Conosco

Horários

Seg - Sex: 7:00 - 20:00

Envie-nos um E-mail

ineps-pro@ineps.com.br